Egípcios

roteiro de curta-metragem / ficção / desenvolvimento
 
Este projeto tem como propósito inserir a comunidade surda no meio cinematográfico, criando um filme que seja 100% interpretado em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) com atores surdos
 
 

* as imagens deste moodboard são apenas referências de outras obras para ilustrar a estética proposta para este filme

Sinopse

Inácio está com um grande dilema em suas mãos. Todos os dias este mecânico conserta carros e faz sistemáticas trocas de óleo. Por conta disto suas mãos estão constantemente sujas de graxa, e por mais que tente, ele não consegue deixá-las 100% limpas, mesmo passando produtos específicos como desengraxantes.

 

A situação deixa Inácio desconfortável pois tudo o que ele toca fica com rastros de sujeira, e isso atrapalha a relação com sua namorada Luiza, que está prestes a apresentar seu pai.

 

Outro agravante é que Inácio utiliza suas mãos para se comunicar, pois é surdo e fala em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), ou seja, seu desconforto vai além das sujeiras em suas mãos e entra num âmbito mais íntimo sobre sua identidade e sua forma de se expressar.

 

Inácio começa a reparar que outros homens possuem certos traços vaidosos ou femininos e mesmo envolto no ambiente masculino da oficina acaba perdendo seu preconceito e toma a decisão de entrar num salão de belezas e fazer as unhas, o que lhe traz um conforto inusitado, que muda sua relação com o toque, desde uma toalha macia ao secar as mãos até a carícia mais intima com sua namorada.